sábado, 3 de agosto de 2013

Queda para a morte

Em fevereiro de 1970, Keith Sapsford, de 14 anos, decidiu que veria o mundo e, para tanto, resolveu viajar clandestinamente num avião que partia de Sydney, Austrália, para Tokyo, Japão.

O problema é que Keith decidiu se esconder justamente no trem de pouso e na hora da decolagem, quando as rodas começaram a ser recolhidas, o garoto despencou do avião cerca de 200 pés (60 metros, mais ou menos), diretamente para a morte.

No exato momento da queda, John Gilpin, um fotógrafo amador que testava a lente de sua nova câmera, capturou a imagem de Keith caindo. Segundo a companhia aérea, se o menino não tivesse caído no recolhimento das rodas, era provável que tivesse morrido esmagado ou ainda, caso sobrevivesse ao esmagamento, tivesse morrido pelo frio ou falta de oxigênio durante o voo.